Pizza ou Empanada em Buenos Aires! Ahhh… Sem vinho!

Hoje é o dia da Pizza, não é mesmo? Então nada melhor do que escrever um post sobre essa maravilha da gastronomia “mundial”. E foi em Buenos Aires que experimentei duas opções indicadas por muitos em sites, blogs e conhecidos. Mas sabe que nem achei tudo isso?! Uma certa decepção.

A primeira tentativa foi na famosa Guerrin, tenho certeza que se você já foi a Buenos Aires já passou pelo menos na frente. Foram dois dias tentando entrar e sempre lotado absurdamente! Nem mesas e mesmo para comer em pé no balcão com muita espera… E desistimos as duas vezes! Atravessamos a 9 de Julho e fomos conhecer a concorrência La Rey que também estava bem cheia, mas prontamente conseguimos mesa! Ufa!

La Rey é uma pizzaria desde 1953 – e o seu guardanapo estampa com orgulho os dizeres: “amassada as mãos e feita em forno a lenha”.  Fomos atendidas por um jovem que acredito que não tinha mais de 18 anos e que foi super simpático explicando exatamente como funcionava e sugerindo pizzas e empanadas.

Pedimos dois pedaços de pizza e uma empanada porque a ideia era provar coisas diferentes. E a pizza escolhida inicialmente foi aliche com tomate e uma empanada de frango. Posso dizer que a famosa empanada estava boa, mas não foi o que impressionou.

A pizza realmente foi a estrela da noite. Que pizza!!! O molho de tomate devidamente temperado, fresco e nada oleosa. Amamos tanto que arriscamos um segundo pedaço. Dessa vez uma mussarela e outra marguerita. Também deliciosas, mas a de aliche ganhou nosso estomago. Não tomamos vinho! Ah.. Essa é a parte engraçada! Praticamente todos tomando cerveja apesar dos 5 graus que fazia lá fora, e vinhos não sem nem indicados. Uma pena! Optamos por tomar no hotel depois da pizza.

Na terceira tentativa de ir a Guerrin, ficamos! Ufa! Aprendemos que o jeito é chegar cedo! Nada de fila, mas optamos por comer no balcão dessa vez. Lá fomos nós pedir a de aliche até mesmo para comparar… O que achamos? Opinião de ambas, eu estava acompanhada de uma amiga, foi que a pizza não era tão boa como a da La Rey. Como assim? A mais famosa não é boa?

Sim, a pizza, que também é feita em forno a lenha e desde 1932 não nos surpreendeu. O atendimento no balcão do rapaz com idade muito similar ao da outra não foi dos mais simpáticos, a pizza tirada do forno na nossa frente estava muito quente e fresca, mas era bem mais oleosa. O molho de tomante estava bem picante o que achei não muito certo para uma pizza de aliche, e eu amoooo comida picante. Óbvio que a pizza é boa, comemos dois pedaços para termos certeza, mas não nos surpreendeu. E o vinho? Esquece! No serviço de mesa ainda vi uma carta de vinhos, mas nada surpreendente também.

E essas foram as minhas pizzas em Buenos Aires. Duas famosas pizzas! E acho que todo brasileiro passa pelo menos por uma dessas duas casas. Eu fico com a pizza do La Rey, sem dúvida. Mas acho que experimentar as duas e comparar é uma boa pedida!

Endereços:

Guerrin: Av. Corrientes 1368, C1043ABN CABA, Argentina

La Rey: Av. Corrientes 961, Buenos Aires, Argentina

Deixe uma resposta